†Portal da Magia Negra† - UOL Blog
Pantáculo de amarração do desejo e da paixão

 

Este pantáculo serve para conquistar ou amarrar uma pessoa que você está de olho, ele me foi revelado no plano astral por uma feiticeira que se utilizava da magia negra, e este me foi indicado, pois eu perguntei à ela que me mostrasse um pantáculo para atrair a pessoa desejada, então ela de pronto me deu uma folha de papel(quase parecido com um pergaminho daqueles antigos!) e rapidamente eu gravei o símbolo que se encontrava na folha, e assim que eu retornei ainda ficou gravado no meu pensamento o pantáculo mágico que a feiticeira me indicou, então, este está de pornto uso para você, indicado diretamente do plano astral por uma poderosa feiticeira de magia negra. Para usá-lo Imprima o pantáculo(somente colorido pois a cor influencia bastante na hora do trabalho mágico)consagre-o em nome de Pomba-Gira Cigana, ou de outra entidade ligada ao desejo e a paixão, lembrando de consagrá-lo à meia noite, defume-o com incenso de rosas vermelhas ou defumador da pomba-gira ambos são encontrados em lojas de artigos esotéricos, depois de defumar o pantáculo, coloque-o em seu altar(com a ponta do pentagrama virada pra você)escreva o nome da pessoa(completo) num pedaço de papel sem linha, sopre-o três vezes e diga três vezes o nome da pessoa(voz alta) como se estivesse chamando-a, então deixe o papel no meio do pantáculo e em cima do nome acenda uma vela na cor vermelha, se a vela for no formato de uma pessoa do sexo que você quer conquistar melhor ainda, então amarre ao redor da vela uma fita de cetim na cor preta(1 metro) e diga:"Pelo poder do desejo e da paixão eu te trago até mim queira ou não queira, assim como minha paixão e desejo é forte por você essa fita é forte o bastante para te amarrar e te trazer até minha pessoa, porque assim eu desejo, e assim o é". Depois de dito tudo isso, amarre a fita ao redor da vela 7 vezes e de sete nós bem firmes e apertados na vela(apagada, lógico!)mentalizando fortemente a pessoa sendo amarrada por você, então acenda a vela em cima do nome da pessoa que se encontra no meio do pantáculo e vizualize na chama da vela a pessoa vindo até você, vizualize seu desejo já realizado, e agradeça a entidade à quem você consagrou o pantáculo.

         

Vodu para se fazer o mal usando-se dois bonecos(São Cipriano)

 

Fazer dois bonecos de pano, uni-lo um ao outro, atando-os de forma que pareçam bem abraçados; em seguida, prega-se cinco pregos nas partes indicadas:

1º prego, na cabeça, que vare um ao outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te prego e amarro e espeto teu corpo, tal qual espeto, amarro e prego sua figura.

2º prego, no peito, que vare um ao outro, dizendo a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te juro, debaixo do poder de Lúcifer e Satanás, que de hoje para o futuro não hás de ter uma hora de sossego.

4º prego, nas pernas, que as vare de um lado a outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te juro, debaixo do poder de Maria Padilha, que de hoje para o futuro ficarás possesso de todo o feitiço.

5º prego, nos pés, de modo que lhes fure de um lado ao outro, dizendo-se a seguinte invocação: Fulano (o nome da pessoa a quem se quer fazer o mal), eu, (citar o próprio nome), te prendo e amarro dos pés à cabeça, pelo poder da mágica feiticeira.

Desta forma, a criatura enfeitiçada nunca mais poderá ter uma hora de saúde.

 

     
Exus na Quimbanda I

 

 

Seu Belo, Satanás, Exu, Diabo, Capeta, o Cão, Demônio, são algumas formas de chamamento de seu Lúcifer o rei das Trevas, do mal, porém sua falange é organizada com muito rigor e dureza. Sua Alteza Lúcifer, também apresenta-se numa Trindade, comandando o reino dos Exus, sendo: Lúcifer, Béelzebuth; Aschtaroth. Lúcifer comandante supremo, dá-se o direito de apresentar-se da maneira que desejar. Trajando capa preta com forro vermelho, possui dois chifres (cornos), é um autêntico cavalheiro, adora bebidas finas e bons charutos, apresentando-se sempre acompanhado de Pombo-Gira, possuindo dois auxiliares, Marabô (Put Satanakia) e Mangueira (Agalieraps).
Béelzebuth, apresenta-se com formas monstruosas de bode ou bezerro, possuindo dois auxiliares, tranca-Ruas (Tarshimache) e Tiriri (Fleruti).
Aschtaroth, Exu das sete Encruzilhadas, apresenta-se na forma de um homem normal muito bem vestido, dominando os caminhos que se cruzam, possuindo dois auxiliares, Veludo (Sagathana) e Exu dos Rios (Nesbiros).

Marabô - (Put Satanakia) - é determinado a esse Exú, a fiscalização do plano físico, distribuindo ordens aod seus comandados. Apresenta-se como um autêntico cavalheiro, dominando o francês, apreciando bebidas finas e os melhores charutos. Exú de gênio muito difícil, raramente apresenta-se em terreiros

Exú Mangueira - (Agalieraps) - Muito confundido com Marabô, salvo pelo fato de quando está sendo incorporado expele o cheiro forte de enxofre, também de gênio muito dificil, é necessário recorrer a Entidades Superiores para sua retirada.

Exú Tranca-Ruas - (Tarchimache) - grandioso Exú. Todo terreiro deverá solicitar seus valorosos trabalhos antes de começar as seções. Sendo solicitado, guardará as porteiras dos terreiros com sua falange, contra os Quiumbas (Espíritos Obcesores). Guardião dos recintos onde se pretica a Alta Magia, como na Umbanda. Devemos saudar a este Grande Exú. É conhecido também como tranca Rua das Almas e Tranca Ruas de Embaé.

            

Exus na Quimbanda II

 

Exú Tiriri - (Fleruty) - de grande força para despachar trabalhos nas encruzilhadas, matas, rios, apresentando-se como um homem preto com deformação facial.

Exú Veludo - (Sagathana) - bastante evocado na Quimbanda, principalmente na Magia Negra, atendendo com rapidez a quem recorre a sua proteção. Apresenta-se como um fino cavalheiro muito bem vestido, curiando bons conhaques e fumando bons charutos. sua presença é facilmente notada, pois possui "pés de cabra", gostando de trabalhar com "as moças".

Exú dos Rios - (Nesbiros) - companheiro de Veludo, domina as margens dos rios e é confundido com um Caboclo de Penas, porém, usa vestimentas de penas negras e apresentando também, chifre. Comanda a Linha Mixta da Quimbanda.

Exú Calunga - (Syrach) - comanda uma falange de 18 Exús, apresentando-se como um anão. Também chamado de Gnomo, Calunguinha, Duende ou Saci. Comanda mais quinze outros Exús, que são: Quebra-Galho, Pombo-Gira, Tranqueira, Sete Poeiras, Gira Mundo, Das Matas, Dos Cemitérios, Morcêgo, Sete Portas, Sombra, Tranca Tudo, Pera negra, Capa preta e Marabá.

Exu Omulú - Meu Pai, Atotô, Meu Pai! No culto nagô é chamado de Abaluaiê ou Abaluaê. Senhor Supremo dos Cemitérios (Calunga menor), incumbido de zelar pelos mortos ali enterrados. Apresentando-se nos terreiros coberto por um lençol ou toalha branca, tendo que ser levantado por médium de muita firmeza. Comandando uma das mais poderosas Linhas da Quimbanda, a Linha das Almas. Senhor de um grande poder, comparado apenas ao Maioral, "Seo Lúcifer". Quando solicitado, trabalha para minimizar o sofrimento dos filhos, recebendo obrigações, presentes e solicitações no cruzeiro do cemitério. possuindo dois grandes colaboradores, Exu Caveira e Exu da Meia-Noite.

Exu Caveira - (Sergulath) - auxiliar direto de Exú Omulú, seu braço direito, é o guardião das porteiras dos cemitérios, onde devemos salvar seu Caveira. Transmite muito medo e respeito, nas seções e nas entregas. Apresenta-se com seu rosto na forma de uma caveira, não tendo hora certa para se apresentar, sendo por volta da meia-noite, o costumeiro. Lidera e tem sob seu comando sete Exus, a saber: Tata Caveira, Brasa, Pemba, Maré, Carangola, Arranca-Toco e Pagão. Além desses, comanda também Exú do Cheiro (Cheiroso) - (Aglasis) - que tem sob sua guarda outros quarenta e nove Exus.

Exú da Meia-Noite (Hael) - especialista nas forças ocultas, decifrador de quaisquer idiomas ou letras, apresenta-se de capa preta e seus inconfundíveis olhos de fogo e pés de cabra. Seu horário é a meia-noite daí seu nome, neste momento, não se encerram as seções nos terreiros, pois Hael está de ronda. Dizem que São Cipriano, aprendeu de Hael tudo qe sabia em relação a Alta Magia, (Livro da Capa Preta). Lidera também sete Exús: Mirim, Pimenta, Malé, Sete Montanhas, Ganga, Kaminaloá e Quirombô. Comanda ainda o Exú Curadô (Meramael).

EXÚ MOR - SENHOR DA MAGIA
ORIS PROSNÓBOLIS - PUT-SATANIC
ORIS PROSNÓBOLIS - AMODEUS
ORIS PRONÓBOLIS - SEU BELZEBUT

                

Magia Negra Sexual

 

"Drusila esteve encarnada na Roma Antiga. Era uma grande iniciada nos Templos dos Mistérios Sexuais de Roma. Praticava, porém, a Senda da Mão Esquerda. Morreu bem velha, sempre praticando magia nos templos.
Depois que desencarnou, seu corpo estava eletricamente poderoso, carregado de energia sexual transmutada. Ela acumulou e absorveu toda esta energia dos inúmeros homens com quem copulava nos rituais de magia dos templos romanos. Ao desencarnar, seu corpo astral voltou a ter a aparência de quando ela era jovem.
Devido ao seu enorme poder de natureza astro-elétrica, Drusila tornou-se senhora de seu destino no plano astral. Nenhum mentor espiritual conseguia capturá-la ou obrigá-la a reencarnar-se para pagar seu carma na Terra . Ficou à margem da lei divina. Sem dúvida alguma, tornou-se mais um demônio nas fileiras sombrias desta Terra. Tornou-se uma força sexual negativa da natureza, uma protetora da prostituição, dos abortos, da pornografia e dos crimes passionais.
Invocada pelos magos e teurgistas no plano astral, Drusila aparece como uma mulher belíssima e sedutora. Ela aparece totalmente nua. Tem cabelos negros e olhos azuis. Em seu braço esquerdo, há um bracelete de ouro com brilhantes. Seu face, porém, é perenemente tensa e tenebrosa. Sua aura emana uma energia sombria e caótica. É sempre atraída pela luxúria dos humanos. Os ritos para invocá-la são todos de natureza sexual.
Drusila alimenta-se da energia sexual dos homens encarnados. Os homens desdobram-se em astral durante o sono do corpo físico. Drusila copula com eles no plano astral e absorve sua energia astro-elétrica.
Drusila estimula as fantasias sexuais e seduz os homens nos sonhos. Eles têm sonhos eróticos; sonham que estão copulando. Em grande parte das vezes, chegam a ter uma polução noturna, ou seja, derramam fisicamente seu sêmen. Drusila também absorve a contraparte astral deste sêmen, fortalecendo-se e mantendo-se robusta.
Drusila é um súcubo, um poderoso demônio sexual que atua no plano astral. Ela tem a posse de uma parte dos domínios terrestres de Satã. Está encarregada de degenerar sexualmente e prostituir a humanidade. Tem muitos seguidores e seguidoras no plano astral. É chefe de vários súcubos e íncubos que atacam a humanidade à noite durante o sono.
Depois da Revolução Sexual que ocorreu a partir da segunda metade do século XX, Drusila pôde expandir seus domínios e influências sobre a humanidade. A partir da energia negativa expandida das esferas satânicas da Terra, estimulou-se o sexo livre sem responsabilidade, a promiscuidade, o mercado do sexo (pornografia, publicidade erótica) e a prática homossexual masculina. Agora o objetivo das entidades tenebrosas é estimular a prática homossexual feminina, o que já está ocorrendo com intensidade há algum tempo. Isto trará como consequência lógica a degradação da humanidade a médio e longo prazo. A degeneração espiritual e moral da humanidade começa a partir da degeneração sexual.
A grande maioria dos demônios não pode se materializar no plano físico. Sua ação no plano material é meramente espiritual e mental. Porém, no plano astral, estão livres para atuarem como quiserem, pois ali existe plena liberdade de ação e movimento.
As formas-pensamento de luxúria dos seres humanos também servem de fonte de energia e alimento para tais classes de demônios sexuais."

           

Feitiço do zumbi

 

Dentro do sistema de crenças vodus, o zumbi é um dos feitiços mais temidos. Muito mais do que a magia dos bonecos. O “cliente” tem de ir ao cemitério, à meia-noite, e ali apresentar ofertas especiais às divindades. Dali, ele deve tomar um punhado de terra para cada pessoa que deseja matar (esta é considerada uma magia negra para a morte). Após pegar a terra, o praticante deve espalhá-la pelos lugares em que suas vítimas costumam passar. Depois, retira algumas pedras de um túmulo, as quais servirão como instrumentos para realizar o designo maligno. Quando o praticante joga a pedra na porta da casa da pessoa para qual a magia foi direcionada, a vítima começa a adoecer e a emagrecer, chegando à morte em um curto espaço de tempo.

              

***Obs: Esta foto acima é real, é um retrato real de um zumbie haitiano.***

Pantáculos Mágicos para Rituais de Magia Negra

 

Pantáculos são símbolos com forte poder da magia, que tanto podem ser usados para atrair ou para afastar certo objetivo, então resolvi por aqui dois pantáculos mágicos para uso exclusivo de magias negra, um serve para a luxúria(ou poder de atração sexual, prazer, sexo) e outro serve para morte(doenças, perturbações mentais, loucura), estes pantáculos devem ser consagrados antes de serem usado(à meia-noite), senão não surtirão poder algum na hora em que for usá-los em seu ritual. O pantáculo da morte deve ser consagrado à Exu Caveira ou outra entidade ligada à morte, e o pantáulo da luxúria deve ser consagrado à Asmodeus ou outra entidade ligada à luxúria. Lembrando que para o pantáculo da morte usa-se uma vela de sete dias na cor preta, e o pantáculo da luxúria usa-se uma vela de sete dias na cor vermelha, os pantáculos também podem ser usados para lançar maldições ou para servir de instrumento em seu altar. Para usá-los salve em seu omputador, imprima(somente colorido, pq as cores do pantáculo influencia bastante na operação mágica) e só os use sempre à meia-noite.Segue-se abaixo os seguintes pantáculos:

Pantáculo da Morte:

Pantáculo da Luxúria:

Oração da Cabra Preta

 

Reza-se essa oração com uma vela acesa e uma faca de ponta nas mãos, trocando "fulano" pelo nome da pessoa para quem se reza a oração, essa oração pode ser usada tanto para fazer mal o bem para a pessoa, tudo depende das inteções de quem reza a oração:

Cabra Preta milagrosa que pelo monte subiu, trazei-me fulano, que de minha mão sumiu. Fulano, assim como o galo canta, oburro rincha, o sino toca e a cabra berra. Assim tu hás de andar atrás de mim.

Assim como Caifaz, Satanás, Ferrabraz e o Maioral do inferno que fazem todos se dominar, fazei fulano se dominar, para me trazer cordeiro, preso debaixo de meu pé esquerdo.

Fulano, dinheiro na tua e na minha mão na há de faltar, com sede tu nem eu haveremos de acabar, de tiro e faca tu nem eu há de pegar, meus inimigos não hão de me enxergar. A luta vencerei com a oração da Cabra Preta milagrosa. Fulano, com dois eu te vejo, com três eu te prendo com Caifaz, Satanás, Ferrabraz.




[ ver mensagens anteriores ]